Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

My Sweet World

Qua | 15.10.14

A minha opinião... (Polémicas)

Hoje venho falar de um tema que de vez em quando vem à baila, e que agora está novamente na ribalta devido a uma foto menos boa do desfile da Jéssica Athayde na Moda Lisboa Legacy. Eu sei, este tema já foi abordado uma data de vezes, mas aqui fica o meu testemunho sobre o assunto.

A foto tão comentada é a segunda aqui em baixo. Esta foto levantou tanto burburinho devido a comentários infelizes, a comentários desagradáveis e criticas sobre corpo da ATRIZ. Estas criticas na maioria feitas por mulheres. MULHERES! Uma dessas  criticas dizia que a Jéssica se queria desfilar devia fazer mais exercícios para tonificas e comer menos hidratos de carbono. Por amor a Deus! A Jéssica é uma atriz super boazona, que se cuida e segue diariamente um estilo de vida saudável, nota-se que é feliz com o seu corpo e prova disso é ter aceite este convite para desfilar em biquini.

Mas voltando ao assunto, não somos nós, mulheres que criticamos a escravatura da imagem, a procura incessante pela imagem da mulher perfeita que não existe! Não somos nós que defendemos que todas as mulheres são diferentes e todas bonitas à sua maneira. Mas depois vai uma mulher feliz com o seu corpo e por sinal bastante elegante e calhe este mundo e o outro em cima!

jessica.jpg

 

Quando falo desta polémica vêm-me à cabeça mais algumas do mesmo género. Por exemplo esta campanha publicitária duma marca de óculos que usa o corpo da mulher como objeto sexual e que desvaloriza o corpo de uma mulher mais gordinha e que muitas vezes já se sente mais infeliz por não ser tão magra como outra pessoa qualquer e ao ver estes anúncios ainda se pode sentir pior. Este anuncio é da marca Bar Rafaeli da coleção Carolina Lemke.

 

Uma outra polémica semelhante foi por exemplo a da Barbie, que faz com que as meninas desde cedo tenham na cabeça a imagem de um corpo com tamanho impossíveis à mulher real.

Barbie_em_Nova_vers_o_01.jpg16143782.jpg

 

Acho que todas as mulheres devem aceitar o corpo que têm, mas sempre com o objetivo de serem saudáveis, por exemplo, eu tinha excesso de peso e comecei a fazer dieta para me sentir melhor com o meu peso e para ser mais saudável, mas também sei que nunca irei conseguir ser muito magra, pois o meu corpo não é assim.

Eu sou da opinião de que uma modelo de passarela deve ter umas certas medidas, se não qualquer um podia ser modelo, e assim o mundo da moda está reservado a pessoas que nascem com um certo tipo de corpo (só é cantor quem nasce com uma boa voz, por muito que eu sonhasse ser cantora não tenho voz para tal), mas atenção eu acho que os manequins devem ter um certo tipo de medidas, desde que essas medidas sejam as suas medidas naturais, mas também acho que essas medidas não deviam ser tão rigorosas, devia haver uma margem. 

Mas agora, uma coisa é desfilar roupas de tamanhos pequenos e quase inalcançaveis outra coisa são os tamanhos que se vendem nas lojas e estes sim devem ir ao encontro de todos os tipos de corpo desde as mais magrinhas às mais gordinhas.